Como migrar de plataforma de e-commerce?

Muitas empresas têm uma loja virtual cheia de problemas, mas vivem com receio de migrar de plataforma no seu e-commerce, pois sabem que esse é um processo relativamente técnico e que exige muita atenção, responsabilidade e conhecimento.

O objetivo deste nosso artigo é explicar como você poderá fazer essa mudança sem medo. Gostaria de saber como? Continue lendo para saber mais!

Aspectos técnicos para migrar de plataforma de e-commerce

Basicamente, podemos dividir os processos técnicos necessários para migrar de plataforma de e-commerce em quatro áreas. Vamos falar um pouco sobre cada um:

SEO

É um conjunto de técnicas que tem por objetivo fazer a sua página alcançar resultados melhores no Google. Normalmente, quando vamos migrar de plataforma de e-commerce, mantemos o mesmo domínio e, por consequência, o mesmo trabalho de SEO.

Porém, algumas plataformas podem gerar URLs diferentes das que você usa atualmente, o que acabaria com todo o trabalho feito. Por isso, é necessário conferir se a plataforma mudará algo nas URLs, testar e, se preciso for, instalar um sistema de redirecionamentos permanentes de URLs

Certificados de segurança

E-commerces de qualidade costumam ter certificados de segurança SSL associados ao site. Para migrá-los para uma nova plataforma e servidor, é necessário ter conhecimentos técnicos. Por isso, procure se informar com sua nova plataforma e com a emissora do seu certificado sobre como fazer essa migração.

TTL

TTL significa time-to-live e trata de um conceito mais complicado sobre servidores e e-commerce. Vamos dizer que TTL é como uma “vida útil” das informações do seu servidor. Basicamente funciona assim: quando um “computador” deseja entrar no seu site, ele procura pelas informações disponíveis, então seu servidor envia a sua loja virtual para esse computador.

O que muitos servidores fazem atualmente é algo equivalente a “tirar uma foto” do servidor e enviar para ocupar menos espaço de memória, tanto no servidor quanto na rede da pessoa. E o TTL é, de forma muito simplória, a “vida útil” dessa foto. Antes de fazer a migração lembre-se de diminuir o máximo possível o seu TTL para não correr o risco de pessoas verem a “foto antiga” da loja durante a migração — ou depois dela.

Processos atuais

Como sua nova plataforma se comunica com seu gateway de pagamento? Se você não sabe responder a essa pergunta, precisa se informar melhor antes de iniciar a migração. O pagamento, o ERP e seu sistema de logística para lidar com cada pedido feito são aspectos fundamentais que poderão ser alterados na mudança de plataforma.

Aspectos logísticos da migração de plataforma

Domínio

O domínio de um e-commerce é um dos seus aspectos essenciais. Ele é, afinal de contas, o “endereço” da sua loja na internet — e, com a mudança de plataforma, vai ser necessário realocar o seu endereço, com acesso ao seu DNS e tudo mais.

Dados da loja virtual

Uma loja virtual, seja grande ou pequena, possui uma série de dados que precisarão ser migrados de uma plataforma para a outra, como imagens e descrições dos produtos, políticas da loja, base de dados de clientes e afins.

É um aspecto mais técnico e se não for bem realizado poderá causar uma confusão enorme e gerar prejuízos.

Migração

Antes de começar a migração da plataforma de e-commerce, realize os testes possíveis para saber se está tudo bem e se nenhum dos processos está com problema. Se estiver tudo certo, agende a migração para a madrugada — período com menos pedidos.

Backup

Mantenha, por algum tempo, um backup dos dados da sua plataforma antiga após o processo de migração para garantir que eles fiquem protegidos caso ocorra algum imprevisto.

Como vimos, o processo de migração de plataforma de e-commerce não é algo muito simples. O certo a se fazer, nesse caso, é contratar uma agência especializada nesse tipo de serviço, pois só quem possui know-how suficiente pode garantir toda a segurança necessária durante a migração.

Ficou mais claro agora? Para mais dicas como essa, basta seguir nossa página no Facebook!

Deixe um comentárioLeave a Reply


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *